Arte funerária:

Arte funerária: podemos toca-la, sentir sua textura, verificar o brilho dos cristais do mámore, reconhecer sua forma, sua função e, sobretudo emocionarmos.

– Maria Elizia Borges.